Home Entrevista: Larissa Sampaio

12 de agosto de 2020

Entrevista: Larissa Sampaio

Chamada para o Site: Conheça um pouco sobre a campeã Baiana de xadrez clássico Larissa Sampaio 

ENTREVISTA COM LARISSA SAMPAIO 

 

  1. Como começou seu interesse pelo xadrez?

Começou quando eu era criança, assistindo Harry Potter, fiquei doida para aprender. Até que na escola que eu estudava começou a ter aulas, eu tinha 11 anos quando aprendi a jogar, fiquei em 3º lugar no meu primeiro torneio, e passei a gostar desde então.

 

  1. Como foi sua preparação para a competição, teve ajuda de algum técnico e qual era seu nível de confiança para a competição?

Para o Baiano de 2019 não tive uma preparação específica, na verdade eu estava há alguns anos sem jogar devido aos estudos e trabalho, jogava on-line apenas, então não estava nada confiante. Meu professor que me ensinou a arte do xadrez e basicamente tudo que sei foi Jaime Stone, sou muito grata a ele por todos os ensinamentos!

 

  1. Qual foi sua melhor e pior partida e porquê?

Acredito que a melhor foi contra Débora, e a pior não me recordo no momento. 

 

  1. Como vê o panorama do xadrez feminino na Bahia e o que acha que poderia melhorar?

Infelizmente a maioria das meninas que iniciam no xadrez, não continuam. Jogo há 12 anos e a única que vejo participar de alguns torneios por muito tempo é Vanessa, a maioria desiste no caminho. A ideia de fazer torneios específicos para o público feminino já é uma forma de incentivo, porém as premiações sempre são baixas, sei que o nível do feminino e do absoluto não é o mesmo, mas acredito que seja uma das razões do alto índice de desistência, pois disputar torneios em outras cidades envolve muitas despesas.

 

  1. Você pensa em disputar competições nacionais?

Já disputei os Jogos Universitários Brasileiros, não fiquei no pódio, mas foi uma ´ótima experiência. Pretendo evoluir mais e disputar outros.

 

  1. Qual a melhor jogadora de xadrez do brasil e do mundo para você?

Brasileira, Juliana Terão, e mundial, apesar de afastada dos tabuleiros, Judith Polgar.

 

  1. Como é seu ritmo de estudo?

Atualmente não estou estudando, porém estou sempre ensinando pessoas próximas, o que me faz buscar conhecimento para repassar da melhor forma. 

 

  1. Quais os livros que você mais gosta e indica para quem pretende ser campeão?

Gosto muito do “Heróis do Xadrez Clássico”

 

  1. Qual é a adversária na atualidade que lhe impõe mais dificuldades?

Vanessa Araújo, que também já foi campeã baiana.

 

  1. Como considera o nível da competição em 2019?

Não muito alto em comparação a outros anos, 2014 e 2015 acredito que foram os anos com maior nível. Se todas as competidoras continuassem jogando, a tendência era que o nível aumentasse.

 

  1. Quais seus planos futuros com o xadrez?

Pretendo continuar competindo, mas me preparando para disputar o Absoluto.

 

  1. Acha que existe algum tipo de preconceito com o xadrez feminino?

Preconceito até que não, mas poderia ter mais visibilidade.

 

  1. Gostaria de fazer algum agradecimento?

Ao meu professor Jaime Stone por ter me ensinado a jogar e sempre ter acreditado no meu potencial, e a todos do Clube de Xadrez de Feira de Santana, por sempre terem me incentivado e me ajudado a elevar meu nível.

 

  1. Em qual fase do jogo se considera mais preparada e porquê?

No meio jogo, pois gosto de encontrar jogadas incríveis no meio de posições que parecem simples.

 

  1. Dos ritmos blitz, rápido e pensado qual considera que tem mais força?

Pensado. Apesar de sempre ficar mais nervosa jogando, acredito que represente o verdadeiro xadrez, mais focado na estratégia, e não no “pensar rápido”.

 

  1. O que é o xadrez representa para a sua vida?

Apesar de ter me afastado dos torneios por um tempo por razões pessoais, sou apaixonada pelo xadrez, estou sempre jogando, mesmo que on-line. Tenho muito orgulho de ser Tricampeã Baiana, gostaria de ter mais tempo para me dedicar, acredito que eu ainda posso evoluir muito, e tenho muita vontade de fazer história entrando no pódio do Absoluto.

 

Categoria

  • Notícias

  • Galeria

  • Nossos Parceiros